VW começa a exportar T-Cross para a África

Produzido em São José dos Pinhais, VW T-Cross foi líder de vendas nos mercados brasileiro e argentino. Agora ele será exportado para países africanos

Líder nos mercados brasileiro e argentino, o VW T-Cross começa a ser exportar para sete países do continente africano: Costa do Marfim, Gabão, Gana, Líbia, Madagascar, Ruanda e Sudão.

A VW já contabiliza mais de 34 mil unidades exportadas para 26 países. O T-Cross exportado para África é ofertado nas versões Trendline, Comfortline e Highline nas opções manuais e automáticas.

Segundo a VW, as unidades chegam aos novos mercados com poucas adaptações como calibração e manuais que agora estão em idiomas inglês, francês e árabe.

As exportações da Volkswagen começaram em fevereiro de 1970 e já somam mais de quatro milhões de unidades embarcadas. A marca alemã já exportou para as Américas, África, Oriente Médio, Europa e Ásia.

Fonte: autossegredos.com.br

 
 
 
 
 
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *